União abre crédito suplementar de R$ 1,1 bilhão para estatais de energia

O Governo Federal abriu um crédito suplementar ao Orçamento de Investimento da União de 2016 no valor de R$ 1,13 bilhão em favor de oito empresas, entre elas estão a concessionária goiana Celg-D – que foi comprada recentemente pela multinacional italiana Enel – e a Eletroacre, distribuidora que atende ao Estado do Acre. A maior parte dos recursos, R$ 1,1 bilhão, será disponibilizada para a Petrobras, segundo portaria publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 9 de dezembro, pelo ministro do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Dyogo Henrique de Oliveira.

As demais empresas beneficiadas são: Ativos S.A – Securitizadora de Créditos Financeiros, Banco do Nordeste, Companhia de Docas do Espírito Santo, Companhia de Docas do Rio de Janeiro, Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco. O crédito suplementar é um crédito adicional destinado ao reforço de dotação orçamentária já existente no orçamento. É autorizado por lei e aberto por decreto do executivo.

Fonte: Wagner Freire, da Agência CanalEnergia, de São Paulo, Regulação e Política