Ministro confirma chance de leilão de reserva

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Bezerra Filho, confirmou nesta quinta-feira, 12 de janeiro, à Agência CanalEnergia que existe a possibilidade da realização de um leilão de reserva até o fim do primeiro semestre de 2017. Porém Coelho Filho, que participou da posse de Décio Odone e Felipe Kury na diretoria da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, no Rio de Janeiro (RJ), também deixou claro que a realização desse certame só aconteceria caso a revisão no cenário energético que será feita até fevereiro seja exitosa.

Governadores da região Nordeste se reuniram com o ministro e mostraram que o cancelamento do leilão de reserva, que ocorreria em dezembro de 2016 traria um impacto econômico negativo forte para os estados, além de poder causar fuga de investidores, uma vez que o leilão foi cancelado poucos dias antes da sua realização.

O titular da pasta também disse que o processo de venda das seis distribuidoras da Eletrobras continua a todo vapor e que as privatizações têm que ser feitas até o fim do ano. No início de janeiro, a PwC e a Ceres foram declaradas vencedoras da licitação feita pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social para prestar consultoria ao processo.

Fonte: Pedro Aurélio Teixeira, da Agência CanalEnergia, do Rio de Janeiro, Planejamento e Expansão