Costa Rica está há mais de 70 dias usando somente energia renovável

A Costa Rica está cada vez mais perto de bater um recorde, no mínimo, muito nobre. O país tem se mantido só com energia renovável há mais de 70 dias seguidos. São 150 dias só em 2016, segundo o órgão governamental Grupo ICE.

O recorde de 2015 é de 285 dias. No total, a Costa Rica teve 99% de suas necessidades energéticas no ano passado supridas por energia limpa.

Muito se deve, claro, à geografia local. A revista FastCompany aponta que a maior parte dessa energia vem das usinas hidrelétricas, viabilizadas pelo grande volume de chuva e muitas montanhas. Mas não é só. O país também tem diversificado com empreendimentos em energia geotérmica e solar. Natural. Uma nação não quer depender de uma única fonte, especialmente em tempos de mudanças climáticas imprevisíveis.

Em cinco anos, a Costa Rica quer ser um país neutro em carbono. E no que diz respeito à eletricidade, isso é bem possível. O problema ainda são  os carros, que se alimentam de gasolina — mudar toda a frota para veículos elétricos não seria tarefa fácil. Por isso, o governo tenta compensar de outras formas tais emissões.

A Costa Rica tem outros fatores que a ajudam a cumprir suas metas ecológicas. Não é um lugar que depende tanto da indústria. Ou seja, as necessidades energéticas são mais modestas. O consumo entre a população — mais pobre — também é menor.

As energias renováveis ​​vêm ganhando força em diversos lugares do mundo. A Alemanha já conseguiu passar dias inteiros com energias renováveis. Portugal bateu quatro dias seguidos no início do ano. Curiosamente, os países com os piores desempenhos no assunto ainda são os muito ricos, como os EUA. E como são justamente eles que usam mais energia, a situação só se complica.

Fonte: Época Negócios